5 lições que aprendi em 2015

2015 foi um ano muito importante para mim e gostaria de compartilhar com você 5 lições que aprendi.

1) Diminuir o ruído mental.

Não sei se você conseguiu perceber na época, mas em 2015 eu mudei completamente meu negócio. Foi o famoso “trocar o pneu com o carro andando”.

Não que o modelo anterior não estivesse dando certo, pelo contrário. Estava dando muito certo. Cada vez mais produtos e mais lançamentos. Cada vez mais dinheiro e mais variáveis para controlar, ou seja, mais barulho mental.

O motivo: levar uma vida mais silenciosa, mais leve, com menos elementos para me preocupar.

Quanto mais posses, mais coisas para se preocupar. Elimine as posses e coloque foco e energia somente no que é realmente importante para você a longo prazo.

2) A integridade é um processo.

Ser completamente íntegro é uma das (poucas) chaves para se tornar poderoso. Quando você é íntegro, você prevê o futuro, pois tudo que você fala se torna verdade. Quem prevê o futuro é muito poderoso.

Quando comecei a pensar sobre os processos não íntegros na minha vida, comecei a me assustar. Eles estavam lá, escondidos. Rodando em segundo plano sem que eu os percebesse. Limpá-los requer muita paciência e desescolhas.

Transformar a sua vida em um ambiente íntegro é um processo longo. Aceitamos muitos elementos não íntegros em nossas vidas. Temos que limpá-los pouco a pouco (mesmo porque nem os percebemos todos de uma vez dada a sutileza de alguns deles).

Aquele emprego que você não gosta. Aquele relacionamento que você não termina por preguiça ou medo. Aquelas verdades que você não diz para seu amigo (que faz com que você se afaste dele aos poucos).

Aquelas “mentiras inofensivas” (!) que você conta no dia. Aquelas mentiras que você conta para você mesmo (como “tenho ossos largos”….quando você precisa mesmo é parar de se empanturrar de refrigerante e emagrecer).

Aquele vendedor que vende muito para sua empresa, mas comete atos com os quais você não concorda, mas faz vistas grossas. Aquela promessa que você fez ao seu filho, mas não cumpre porque na realidade não acha realmente importante. E por aí vai…

Pode acreditar: sua vida é um mar de processos não íntegros que você nem enxerga. A falta de integridade permeia nossa vida em todos os aspectos porque o mundo é muito pouco íntegro. Comece a limpar essas manchas da sua vida e se torne um ser estupidamente íntegro. Isso vai te trazer paz e força.

Eliminar o ruído é uma das maneiras mais rápidas para eliminar processos não íntegros.

3) O impacto das palavras sobre o outro é sempre maior do que pensamos ser

Em vários momentos daquele ano me falaram – “Conrado, você não tem ideia do impacto que você causa”. No princípio dizia que realmente não tinha, mas depois comecei a pensar seriamente sobre isso.

Realmente, não tenho a mínima ideia, mesmo.

Um post como esse pode fazer alguém tomar uma decisão que vai mudar a vida dela. Talvez uma única palavra pode desencadear uma sequência de ações devido à confiança depositada em mim.

Mas não estou falando a meu respeito, estou falando a seu respeito. O que você fala tem muito poder. Tenha consciência disso. Eu falo para 100 mil. Você fala para 10? Não importa. A transformação acontece dentro da mente de cada pessoa.

Para você que está lendo esse post, não existem as outras dezenas de milhares de pessoas que também o lêem. Existe somente você.

Tome muito cuidado e responsabilidade sobre o que você fala para as pessoas. Tome todo o cuidado com suas palavras.

4) Ter calma

Sem dúvida nenhuma essa foi a grande lição de 2015.

No nosso mercado, parece que a “grande oportunidade” vai passar em poucos minutos e depois dela não haverá mais nada. Essa ânsia. Esse desespero. Esse barulho.

Calma…

Viva no agora de forma plena, honesta e aproveite a vida que está acontecendo agora. Aproveite a caminhada. Pare de cair em gatilhos de escassez a toda hora. Isso está prejudicando sua vida. Faz com que você confunda movimento com ação.

Viva um dia de cada vez e siga seus valores.

Sabe-se lá o que acontecerá no futuro (ele não existe e está sendo construído a cada boa ação no presente). Trabalhe com afinco se concentrando no agora.

Se você me segue e está envolvido com o que eu falo. Parece que o mundo vai acabar e que somos os únicos a fazer a coisa certa. O mundo não tem ideia do que fazemos e tem muita gente vivendo bem por aí.

O que temos é só mais um caminho. Muito eficiente, mas que não serve para todas as situações e que consegue fazer com que pessoas que não têm muitos recursos possam gerar sua própria receita. Mas tome cuidado ao achar que aqui é o Santo Graal e que o restante do mundo está errado. Isso se chama prepotência.

5) O mercado não é tão legal quanto parece

Ao longo de 2015 topei com muitos fatos bem desanimadores. Alguns profissionais ganhando dinheiro a qualquer custo. Fazendo coisas desleais com o mercado e com os colegas.

Triste…

Tome cuidado com essa quantidade de dinheiro que circula nesse mercado desregulado com pessoas enxergando sua “grande oportunidade” de ficarem ricas da noite para o dia. Isso só existe na loterias, em heranças, casamentos, sorte ou no crime. Como esse mercado não é baseado em loteria, heranças ou casamentos – e sorte é algo estatisticamente improvável -, resta somente a pior opção de ganhar dinheiro rápido.

Não estou fazendo apologia à pobreza. Dinheiro é bom, lógico. Porém, mais importante do que quanto dinheiro é ganho é como ele é ganho.

A partir do momento que você rompe alguns limites éticos para ganhar mais, cada vez mais, algo muda dentro de você. Você passa a ser mais permissivo. Passa a aceitar pequenas infrações ou zonas cinzentas. A partir daí, o cérebro inebriado por aquilo que nunca se teve, passa a dar desculpas que justificam atos antiéticos.