Ajude a crescer e cresça ajudando

A melhor maneira de você crescer é ajudando as pessoas a crescerem (e isso você já sabe porque eu falo sempre), mas muitos acham que essas pessoas são somente os clientes.

Amplie sua visão.

Essas pessoas, que nós temos que desenvolver, são (principalmente) parte da sua equipe e dos seus parceiros.

Na empresa, a sua função como líder é cuidar das pessoas. Não é ser operacional ou vender. Isso vem depois. Sua função é antes de tudo, cuidar das pessoas da sua empresa e incentivar para que elas se desenvolvam.

Imagine como pode crescer um negócio que tenha pessoas incríveis. Porém, poucos de seus colaboradores chegam incríveis já no primeiro dia de trabalho. Eles chegam apenas procurando um emprego. É sua função torná-los incríveis, admiráveis, extraordinários.

Caso algum deles não queira se tornar admirável, não terá lugar na sua empresa. Queira pessoas que querem ser incríveis e lutem por isso, mesmo que não sejam no momento. Seu papel é ajudá-los nesse caminho.

Muitos empreendedores não tem uma equipe, tem apenas funcionários trabalhando para ele. Uma empresa em que o time só está lá para receber salário, irá enfrentar uma barreira de crescimento: como se a própria equipe estivesse segurando o crescimento pelo lado de dentro.

Os sintomas de uma equipe ruim são vários: formação de panelas, fofocas, críticas, grupos que conversam sobre o novo tênis New Balance ao invés de pensar em como melhorar a experiência do consumidor, funcionário que fica no Facebook conversando com os amigos ao invés de ficar no Face conhecendo melhor os clientes, equipe que só deseja chegar na sexta-feira ao invés de acordar motivado todos os dias e por aí vai.

Esses alguns dos sintomas de pessoas que não desejam ser incríveis e/ou de um líder que não está desenvolvendo-as.

Seu papel é cuidar para que essas pessoas se desenvolvam como seres humanos e estejam felizes em realizar seus trabalhos.

Melhore a vida das pessoas e comece pela sua própria vida e pelas vidas do seu time. Depois disso, naturalmente esse movimento de espalhará para seus clientes

  • Herbert Guimarães

    Um tanto quanto real e instigante rsrs!
    Sou engenheiro e pequeno empresário, em minha equipe, apesar de ser o dono do negócio, não fazia o papel de pivor e sim o técnico. Com o tempo percebi que não era falta de pessoas ou clientes, sim era a falta de um pivor. Foi então que através de leituras e um curso de coaching, reformulei a proposta da empresa, otimizei a equipe e focamos em clientes dentro do 80/20. Hoje sou o pivor do negócio em questão de impulsionar as pessoas dentro de um fluxo automatizado de trabalho, no qual são empoderados a tomar decisões sem passar por mim. Aos poucos vamos aperfeiçoando o negócio e alavancando resultados mais sólidos. Abraço.

  • Luiz Henrique Rodrigues Siquei

    Interessante seu artigo, leva a uma reflexão interessante principalmente sobre a nossa responsabilidade como seres humanos, vai mais além do que o universo corporativo, bem mais além.

  • Marcello Gomes

    Este é o tipo de pensamento que você tem consciência, mas não pode falar em publico, pois estamos falando da maioria e esses se sentem ofendidos, além de você criar uma barreira entro o ensino e o ensinando. Fica dica, você sabe disso, mas não fale, somente tenha as atitudes e ações para que isso mude no seu grupo. Abraços…Marcello Gomes.

  • Magno Monteiro

    Muito bom sua expressão…
    mais nesse pais que vivemos é dificil fazer e mudar a cabeça de muitos coroneis