Uma lovemark sempre tem muitas histórias para contar. O São Paulo Futebol Clube é uma lovemark, adorada por seus torcedores (aliás, times de futebol, por definição, são lovemarks devido às paixões que despertam nas pessoas). Se quiser entender a dinâmica de uma lovemark, estude os times de futebol. Lembre dos cases que mostrei do Flamengo e da campanha cooperativa Grêmio x Inter. Veja esse vídeo de Kevin Roberts, o percurssor do conceito de Lovemarks Aproveitar as histórias de uma marca é melhorar o relacionamento dela Continue lendo

No último case, falamos da Passarela, loja de calçados que montou o seu e-commerce. Vamos falar hoje da Compujob, que também conta com lojas físicas, porém, na venda de equipamentos de informática. A Compujob atua no ramo de tecnologia desde 1985, comercializando computadores para uso pessoal e corporativo. Com sede em Porto Alegre (RS), a Compujob conta com um grande e-commerce de atuação nacional e 4 lojas físicas, com mais de 1 milhão de clientes conquistados. A empresa também desenvolve projetos de TI com parceiros Continue lendo

Já falei aqui no blog sobre a Posthaus e suas estratégias para o comércio eletrônico. Uma loja que nasceu como uma loja de venda por catálogo e agora somou mais uma unidade de negócios: um site de comércio eletrônico. Um case semelhante é o da loja Passarela Calçados, que nasceu como uma loja física de calçados e também montou seu comércio eletrônico há alguns anos. A Passarela será o nosso case de hoje. Fundada em 1981 a Passarela hoje é a maior rede de lojas Continue lendo