Como começar um negócio do zero e sem dinheiro? 6 dicas!

Você quer abrir um negócio, mas não sabe por onde começar? Ou então acha que a falta de dinheiro pode ser um problema? Essa é a realidade da maioria das pessoas que desejam se tornar empreendedoras. Pensando nisso, nós trouxemos algumas dicas de como começar um negócio do zero e sem dinheiro.

Então, para tirar as ideias do papel e começar a empreender agora mesmo, confira no nosso artigo o passo a passo sobre como abrir o seu negócio e ter sucesso nesse processo. Acompanhe!

1. Estude o mercado

Toda empresa deve existir para solucionar o problema de alguém. Por isso, mesmo que você já tenha em mente qual é o tipo de negócio que deseja abrir, deve estudar o mercado. Contudo, o mais importante é que você combine as oportunidades desse mercado com as suas competências ou paixões.

Assim, você se sentirá mais seguro com a sua escolha. De qualquer forma, antes de abrir um negócio, independentemente do ramo de atuação, você deve amadurecer essa ideia. Muitas vezes é possível identificar os problemas das pessoas por meio de conversas com os amigos.

Feito isso, pesquise seu público e procure identificar quais são as suas características físicas, demográficas, suas preferências e hábitos de consumo. São essas informações que servirão de base para suas ações de marketing.

Também é importante conhecer a concorrência. Para tanto, tenha um bom networking. Conversar com outras pessoas é fundamental para saber quem são seus concorrentes e entender melhor o mercado.

2. Defina seus produtos ou serviços

Esse é o momento de desenhar a solução para o problema identificado. Para que uma empresa tenha sucesso, é preciso oferecer aquilo que realmente possa resolver os problemas dos consumidores. Então, pense em como você pode fazer isso e quais são os benefícios do seu produto ou serviço.

Por exemplo, um problema pode ser a dificuldade dos empreendedores em implementar estratégias mais eficientes para enfrentar a crise que alterou o hábito de compra dos consumidores, fazendo com que eles comprem menos. Com isso, uma oportunidade de negócio é oferecer consultorias em marketing para as empresas.

Portanto, o nicho de negócios é o marketing digital, em que podem ser ofertados serviços de produção de conteúdo para a web de acordo com o perfil do consumidor online ou criação de campanhas publicitárias criativas e impactantes.

3. Entenda os processos

Outro passo importante que vai ajudar o seu negócio a tomar forma é entender quais são os processos necessários para que tudo possa ser feito. Ou seja, quais são os recursos necessários para entregar um produto ou serviço para o consumidor.

Esses recursos podem ser físicos, como máquinas ou equipamentos, mas também intangíveis, como fórmulas, softwares e conhecimentos. Nesse último caso estão relacionados à necessidade de contar com uma equipe especializada.

Além desses aspectos, o processo também refere-se à sequência de movimentos e à quantidade de tempo gasto com as atividades. Por exemplo, o cliente entra em contato com a empresa, que prepara o pedido e o envia. Ao desenhar essas etapas, é essencial definir quem vai realizá-las e em quanto tempo elas serão concluídas.

Se você tem uma loja física, também deve levar isso em consideração. Isso porque a sua localização influencia a escolha dos fornecedores e as rotas de entrega de pedidos. No caso de negócios online, deve-se escolher quais serão os seus canais de comunicação com os clientes, como sites ou redes sociais.

4. Defina o investimento

Você sabe o quanto é preciso investir para transformar seu negócio em realidade? Esse passo é muito importante! Nesse momento, você já descobriu o que vai oferecer para os consumidores e também quais são os recursos necessários, então basta colocar no papel todos os gastos.

É possível abrir um negócio sem nenhum recurso, pois você mesmo pode realizar todas as etapas. Se você vai começar sem dinheiro, pode investir, por exemplo, em compra e venda de roupas usadas ou em cerimonial de casamentos. Também pode ser cuidador de cachorros ou animador de festas infantis.

Além disso, com a internet, fica mais fácil abrir um negócio. Algumas ideias são consultoria de marketing digital, cursos online, coordenador de projetos digitais, redatores freelancer, criação de canal no YouTube ou vendas online.

Na internet é possível aprender a fazer muitas coisas sem gastar nada. Mas é muito importante lembrar que se você deseja ampliar os seus negócios, em um determinado momento, precisará investir financeiramente, seja em cursos mais avançados, seja em anúncios pagos.

5. Conheça as questões burocráticas

Muitas pessoas ignoram as questões burocráticas, mas não dá para começar um negócio sem conhecer os aspectos legais que regem o comércio e a publicidade, seja em sua cidade, seja na internet.

Por exemplo, se você for trabalhar como cuidador de cachorros, deve saber quais são as raças que devem ser levadas para passear utilizando focinheiras. Também precisa entender sobre as leis que obrigam sobre o recolhimento e o descarte de fezes dos animais.

Já se você for trabalhar com marketing digital, oferecendo o serviço de criação de campanhas publicitárias, precisa estar por dentro das regras de publicidade ligadas à área do cliente. Um exemplo é a área de medicina: existe um manual de publicidade médica que estabelece os limites para a divulgação de clínicas.

Outro detalhe muito importante para as pessoas que desejam começar um negócio de prestação de serviço para empresas é a necessidade de legalizar a sua atividade, pois só assim é possível emitir notas fiscais. Para tanto, você pode tornar-se um microempreendedor individual.

6. Planeje as estratégias de marketing digital

Independentemente se o seu negócio for físico ou digital, é essencial planejar a divulgação para promovê-lo por meio da internet. O primeiro passo é buscar inspiração, e você pode fazer isso analisando como a concorrência tem se comportado.

Depois é hora de escolher em quais meios de comunicação você vai divulgar o seu produto ou serviço. Pode ser por meio das redes sociais, e-mail marketing, site próprio ou blog. Essa etapa é importante para atrair os consumidores a fim de que eles possam conhecer a sua marca.

Uma dica na hora de divulgar é criar e apostar em um diferencial competitivo. Para tanto, garanta que o atendimento ao cliente seja personalizado, faça campanhas atraentes e crie conteúdos úteis e relevantes.

Não se esqueça de montar uma lista de contatos para enviar as campanhas por e-mail. Sempre faça muitos testes e analise os resultados para saber quais estratégias estão gerando bons retornos.

Com as nossas dicas sobre como começar um negócio do zero e sem dinheiro, fica mais fácil montar um empreendimento de sucesso! Mas não se esqueça de fazer um planejamento estratégico para auxiliar a sua empresa a caminhar na direção certa e, assim, evitar surpresas e aborrecimentos no futuro.

Gostou do nosso artigo. Então, continue acompanhando as nossas dicas. Siga-nos nas redes sociais, estamos no LinkedIn e no Facebook.

Categoria

Conrado

Conrado Adolpho, empresário há 22 anos, é especialista em alavancagem rápida de micro e pequenas empresas. Formado em Marketing com especialização em Economia, autor, consultor, palestrante, estudioso de filosofia e ativista social. Idealizador do Método 8Ps - método de Marketing Digital e Vendas, que é utilizado hoje por diversas agências, faculdades e empresas por todo o Brasil, e instituições de alguns outros países. Tem como missão pessoal "Transformar o mundo através do empreendedorismo" e já ajudou mais de 8 mil pessoas através do treinamento Imersão 8Ps e impactou mais de 33 mil empresas através do Método 8Ps. Autor do best-seller brasileiro de marketing mais vendido do país e vendido também em Portugal: Os 8Ps do Marketing Digital.

Inscreva-se para mais conteúdo

Deixe um Comentário