O seu barulho mental

Limpe a sua vida. Diminua o barulho mental que impede que você coloque – e mantenha – o foco naquilo que é realmente importante e relevante para sua vida.

As posses que você tem aumentam o barulho mental.

Um homem que vive com o mínimo tem somente o mínimo para se preocupar. Apenas deixa sua existência fluir praticamente livre através do mundo.

Se livre do entulho e do excesso. Do excesso de coisas, do excesso de pessoas que não agregam nada a você.

Livre-se do excesso de elementos inúteis na sua vida. Não se apegue a coisas. As coisas não têm sentido. Nós é que damos sentido a elas. Tentamos substituir as pessoas por coisas, pois estas são mais fáceis de lidar. Não retrucam, não se emocionam. Tentamos substituir o olhar pelo sms, o amigo pelo Face dele. A presença pelo presente.

Somente as pessoas – as pessoas certas – trazem sentido a nossa vida. Se concentre somente no que, principalmente, quem, é relevante ao seu propósito de vida.

A sua necessidade de mostrar e demonstrar aumenta o seu barulho mental.

Você tenta provar a todo momento que é forte, que é rico, que é inteligente? Você gasta muito mais energia provando ser do que sendo, de fato. Livre-se do orgulho que faz você sentir a necessidade de mostrar. Apenas saiba e seja. O restante virá naturalmente.

Seja como a grama, não como o carvalho. O carvalho mostra todo o tempo que é forte, grande, impávido, porém, se quebra na tormenta. A grama, pelo contrário, cresce na tempestade. Se fortalece na crise.

A grama é a força humilde e resiliente. Não precisa demonstrar nada, apenas é. O carvalho mostra sua grandeza todo o tempo, mas não consegue ser por todo o tempo. Tenta enfrentar o que não é possível de se vencer – a natureza e a vida.

A comparação aumenta o barulho mental.

Quando você se compara com seu vizinho, com seu cunhado, com seu concorrente, você deixa sentimentos como inveja, orgulho, culpa e outros aparecerem na sua vida.

Lembre-se que deve alimentar a mente, o coração e o estômago corretamente. Quando sente inveja, está alimentando o seu coração com veneno. Sentimentos ruins trazem malefícios fisiológicos para seu corpo e barulho para sua mente.

Compare-se para crescer e admirar, não para invejar e destruir. Não compare a quantidade de fãs ou o tamanho da empresa do seu concorrente. Melhore o seu nível de excelência. Não compare o seu bastidor com o palco do concorrente.

As opiniões aumentam o barulho mental.

Saiba a diferença entre fatos e opiniões. Entre o que é e o que você acha que é, existe um enorme abismo. Quando você começa a achar que algo é sem saber se é de fato ou não, você começa a criar cidades imaginárias na sua mente e passa a tomar as decisões segundo esse cenário.

Na maior parte das vezes, essas cidades são opiniões que se mostram erradas. Portanto, suas conclusões também estarão erradas já que partiram de uma premissa falsa. Espere os fatos e não crie expectativas irreais – as cidades imaginárias. Não baseie suas ações sobre o que não sabe.

Quando você alcança o silêncio mental, você passa a enxergar o mundo com muito mais clareza e discernimento. O mundo passa a falar um idioma que você entende, ou melhor, que você escuta.

Diminua o barulho mental e viva em paz de acordo com seu propósito de vida. Verá como que sua vida se transformará e tudo passará a fazer sentido. Simplesmente porque tudo que não fazia sentido já terá sido eliminado.

  • http://www.clubedosimportadores.com/ Tiago Martins

    Obrigado Conrado! Excelente post, ótimo para refletir, rever conceitos e mudar o mindset. OBRIGADO!

  • Jacson Clemes Slaidel

    Seus materiais estão cada dia mais relevantes. Parabéns Conrado.

  • Jorge Moreno

    Olá Conrado! Isso é o auge da Saúde mental, deveria ser ensinado nas escolas.

  • Cláudia Micheletto Brandão

    Obrigada, Conrado! Para refletir, lembrar e praticar sempre :)

  • http://mapadoedital.com.br/ Diego Henrique

    Parabéns, Conrado! Seus textos são excelentes, estou aguardando o livro sobre mindset.

  • Alex Brito

    Obrigado por mais um ótimo post. Enfatizo duas de suas afirmações: “As coisas não tem sentido, nós e que damos sentido a elas”. E, “Gastamos mais energia provando ser do que sendo, de fato”.

  • http://williambrazadvocacia.blogspot.com.br/ William Braz

    Boa Conrado!

  • Jeff Portilho

    Ótimo conteúdo como sempre!

  • http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/ Rosana

    Maravilhoso esse post!
    Gostei principalmente da última frase, foi a conclusão perfeita para um texto simplesmente perfeito.

  • http://www.ganharnanet.com/ Luis Leite

    Muito bom, a reflexão com uma certa constância, pode levar ao sucesso em calar leva a alcançar as metas com um nível menor de dificuldade.

  • Aurino Jr

    Excelente reflexã.

  • Nelson Miguel – VBS

    ótimo post e de grande valor, com certeza vou recomendar para as pessoas.

  • http://www.araujocorretora.com.br/ Claudinei Araújo

    Ótimo conteúdo!

  • André Ventura Camargos

    Fantástico, agora é tentar colocar me pratica, parabéns….

  • Pedro Montini Neto

    Ola Conrado! É sempre bom ler os seus artigos, nos ensina a olhar pra dentro de nós mesmos antes de colocar em prática o que desejamos. Parabéns e muito sucesso.

  • Anna Carolina Fontes

    Sensacional!

  • Carlos Sanchez

    Olá Conrado, muito bom dia.

    Realmente somente através da singular opção de escutar o vazio e o silêncio mental é que poderemos acessar a fonte de soluções para a nossa Vida.

    Sou-lhe grato pela oportunidade de acessar informações valiosas e preciosas para o amadurecimento íntimo.