Não se fala em outra coisa – crise! Palavras como “Subprime”, “Pacote de US$ 800 bi” e “recuperação da economia” nunca foram tão citadas e já nos são praticamente íntimas. Uma busca no Google pela palavra “subprime” nos remete mais de 11 milhões de resultados, e eu nunca tinha nem ouvido falar nessa palavra. Em meio a tantas tormentas e mudanças, é lógico que a primeira preocupação é o “meu emprego”. A crise já cortou cabeças e que, pelo jeito, continuará cortando. O problema não Continue lendo

Você gosta de métricas, de analisar pilhas de dados e descobrir padrões? Eu adoro. E por isso mesmo adorei o livro “Click” (não tem nada em comum com o filme, ok?) Fala de como a Internet tem mostrado em tempo real o comportamento do consumidor e como a análise desses dados pode revelar muitos detalhes a respeito do consumidor. Vale muito a pena

Pessoal, Acabei de receber uma notícia de uma iniciativa muito bacana, um e-book escrito por diversos autores que fazem parte do universo brasileiro da Internet. O projeto http://paraentenderainternet.blogspot.com/ reune diversos autores e vale a pena ler. Book 2.0 Parabéns pela iniciativa.

A cada dia fico mais entusiasmado com o movimento do comércio eletrônico no Brasil. Crescimento de 30%, apesar da crise, 13,2 milhões de compradores online, tiquete médio de R$328,00 (maior valor até então) e grandes varejistas montando suas lojas online. E notícias como “a loja do Magazine Luiza que mais fatura é a loja virtual” me deixam eufórico e crente de que o que falo há mais de 5 anos sobre internet está se tornando realidade. Tenho visto cada vez mais reportagens falando sobre e-commerce Continue lendo

Fico imaginando como eram nossos ancestrais de alguns milhares de anos atrás. Todos em torno da fogueira discutindo como iriam caçar o mamute do dia seguinte ou como o tempo estava esquentando nos últimos dias. Discussões corriqueiras enquanto saboreavam uma deliciosa carne de tigre dente-de-sabre que caçaram no dia anterior. O hábito de se reunir em torno de uma fogueira durou muito tempo principalmente porque a fogueira garantia uma certa segurança e aumentava as chance de sobrevivência. Tal hábito de certa forma também promoveu a Continue lendo

Ah… os anos 80. Sem dúvida a mais divertida e de mau gosto época de todos os tempos. Se você tem por volta de 40 anos, deve se lembrar do Juba, Lula, Bacana e Zelda Sott no Armação Ilimitada, do Atari e do memorável Pac-Man, do par romântico Tom Cruise e Kelly Mcgillis em Top Gun, do “Quem matou Odete Roitman”, das roupas coladas no corpo e coloridas e, principalmente, das propagandas memoráveis como a Morte do Orelhão, Primeiro Sutiã e os bordões até hoje Continue lendo