O comércio eletrônico tem crescido em todo o mundo de maneira espantosa. Para ter uma operação de sucesso em comércio eletrônico é preciso descobrir como é o seu consumidor e como ele age com relação às compras. Para isso, é preciso segmentar o mercado. Grosso modo, todo mercado se divide em segmentos de acordo com seu comportamento, localização, hábitos de consumo e outros critérios. No comércio eletrônico não é diferente. Inicialmente, podemos dividir os e-consumidores em light users (fizeram entre 1 e 3 compras na Continue lendo

Nesta semana, precisamente no dia 9 de novembro, comemora-se os 20 anos da queda do muro de Berlim. E no ano de 2009, também se comemora os 200 anos da Revolução Francesa. O que tais acontecimentos têm a ver com o nosso assunto corriqueiro – marketing digital? Os 200 anos que se passaram, vieram com uma crescente valorização do indivíduo como célula fundamental da sociedade, trazendo de forma contundente a visão de mundo segundo princípios iluministas, que nortearam a chamada Revolução Francesa, entre 5 de Continue lendo

Todos passam por dúvidas na carreira, na profissão, no relacionamento e tantos outros campos das nossas pacatas vidas cidadãs. A dúvida faz parte da certeza. Alias, só temos certeza de algo quando, um dia qualquer, a colocamos em dúvida e reafirmamos nossa fé no caminho que escolhemos. A dúvida é o que move o ser humano para o próximo passo. Que gera o desequilíbrio que faz com que cresçamos e evoluamos. A dúvida é algo que inspira e revigora. Sabemos, portanto, que estamos no caminho Continue lendo

Imagino a cena. O ano é 2024, eu no auge dos meus 50 anos tento explicar para meu filho mais novo como era vida em 2009. – (…) e existia uma coisa chamada “grade de programação” que os canais de tv, desculpe, smarttv, escolhia os programas que iam passar do início ao fim da programação do dia. – Pai, o que eram canais de tv? Em alguma hora do dia os programas paravam de passar? Penso que será uma longa conversa. Devia ter escolhido outro Continue lendo

No conto “O Homem que sabia javanês”, de 1911, Lima Barreto conta a história do senhor Castelo, um malandro que fingia saber javanês para conseguir um emprego. É lógico que, como ninguém sabia falar javanês, ele acaba ficando famoso por ser o único tradutor de tal idioma. Um embuste. Se javanês era o idioma desconhecido em 1911, o internetês é o javanês de hoje em dia. Porém, com uma mudança. Todo mundo fala internetês, menos as empresas que não conseguem traduzir o idioma. Uma novilingua Continue lendo

Reza a lenda que o sushi, tradicional prato oriental que virou moda aqui em nossas terras tropicais, tem origem no século IV a.C. Segundo a Wikipédia, o arroz cozido era usado para conservar o peixe salgado através da fermentação do arroz. Afinal, o que a história de um prato que tem suas origens em épocas tão remotas quanto o próprio homem contemporâneo tem em comum com um blog que fala sobre mundo e sociedade digital? No dia de hoje, muito, Foi entre sushis e sashimis Continue lendo

Conrado Adolpho A quantidade de informações que se recebe por dia é assombrosa. Outro dia, fui a uma loja comprar um smartphone para mim. Uma hora e meia depois de olhar incessantemente todas as opções disponíveis, vi-me incapaz de escolher com segurança um que se adequasse às minhas necessidades. Para cada modelo que escolhia, o vendedor me mostrava ou eu via um melhor com mais funcionalidades e, lógico, mais caro. Quando tinha escolhido um, o vendedor falou: “Na semana que vem vou receber um da Continue lendo