Quais são os seus vieses cognitivos?

Você sabe o que é um viés cognitivo?

Quem me acompanha há um bom tempo, sabe que no final do ano passado eu tirei um período sabático para me descobrir um pouco mais e me aprofundar em estudos. Criei teorias, conceitos, descobri novos autores, novas didáticas e tudo isso me fez ver que o universos que gira ao nosso redor é muito maior do que parece ser. Quando decidi começar a trilhar a minha jornada empreendedora, eu tinha um visão muito sintomática de como o ambiente empresarial poderia ser. Se a minha equipe não estivesse me entregando o que eu pedisse de forma eficaz e produtiva, eu já logo achava que era um problema de gerenciamento e começava a ficar aflito.

É fato que nem todo mundo nasceu para gerenciar e liderar e é por isso que temos a carreira de especialista em algo em ascensão. O status que a palavra “gestor” ou “gerente” pode agregar é algo incrível nos primeiros cinco minutos, mas todo o trabalho que está por trás dessa fantasia pode ser algo assustador. Voltando para o meu período sabático do final de ano passado, eu gostaria de colocar aqui algo que eu aprendi e comecei a observar dentro da minha empresa.

Não foi uma caça as bruxas…

O que eu comecei a ver era se cada um dos meus colaboradores estavam cientes dos seus estados mentais. Após conhecer um pouco mais sobre os vieses cognitivos, eu abri um arquivo no meu iPad e comecei a observar traços nas personalidades e entender como esses vieses se aplicam de forma prática. Bom, para quem ainda não está muito familiarizado com este conceito, saiba que vieses cognitivos são erros sistemáticos do processo de tomada de decisão, que ocorrem quando estamos processando e interpretando informações ao nosso redor.

Os vieses cognitivos podem ser causados por heurísticas, ou seja, atalhos mentais. No entanto, outros fatores como pressões sociais, motivações individuais, emoções e limitações na habilidade mental de processar informações podem contribuir para a ocorrência de vieses cognitivos na tomada de decisão. Nós já conseguimos catalogar alguns vieses que nos travam de conseguir viver a vida de forma plena. Alguns como “aversão a perda”, “custos afundados”, “excesso de confiança” e “status quo” são responsáveis por trazer problemas no gerenciamento dos projetos da sua empresa.

Na minha nova série de vídeos – que eu comecei a disponibilizar ontem no meu canal do YouTube – eu falo um pouco sobre as ondas do mercado e como alguns problemas podem afetar de forma negativa o andamento do meu negócio. Com o nome de “Por que as empresas quebram?”, essa série de vídeos também vem acompanhada de um PDF ilustrado por mim em que eu te guio de forma fácil e didática pelo conteúdo. O vídeo de hoje fala exatamente sobre como a presença dos vieses cognitivos no ambiente empresarial pode atrapalhar a gestão da sua empresa. Veja e se gostar, compartilhe!