Triângulo da vida

Existe sempre um triângulo na sua vida. E este triângulo tem três vértices, como na sua vida também. A primeira vértice está você, a base de tudo e a sustentação para o triângulo se manter em pé, na segunda vértice está aquelas pessoas que empoderam, te jogam para cima e apoiam cada decisão que você toma. E no outro vértices estão aquelas pessoas que te desempoderam, te colocam pra baixo e entram na sua mente dizendo que você é um impostor.

Bom, partindo dessa situação, você pode escolher em qual vértice você quer e pode estar. Sempre tem algum ser humano que quer estar naquele lado em que o desempoderamento, a inveja e a ganância imperam. Porém tem aquele vértice onde todo mundo que é legal está. Mas você não pode fazer essa escolha de forma cega, você tem que saber como é estar nos dois lados para assim escolher o melhor e ficar por ali. É como ir de um extremo ao outro, do bom ao ruim, e ter noção de como é vivenciar o melhor e o pior dos universos.

Então dedique seu tempo de forma gradual em cada lado…

Falando de mim, eu costumo gastar 5 horas no lado bom da vida e gastar 5 minutos no lado ruim. Esse curto período que eu gasto na vértice onde as pessoas desempoderadoras estão é o suficiente para eu conseguir saber que esse tipo de gente está dentro da minha casa, dentro da minha família. Porém uma questão que me perseguiu por bastante tempo, que me fez duvidar ainda mais de mim, é como combater esse tipo de atitude dentro de um ambiente que, hipoteticamente, seria repleto de pessoas que me apoiam.

A resposta é: “ressignifique tudo isso”. Sim, dê um novo significado, entenda as coisas sobre uma nova ótica. Dê novos conceitos as palavras que essas pessoas estão te falando. Muitas vezes, quando ouvimos “sai dessa seu louco”, “isso não vai dar em nada”, não quer dizer que ela esteja falando por mal, mas sim por ter um zelo imenso por você e não querer te ver sofrer. Pense que cada vez que ela falar que a sua atitude é insana, incorpore que aquela fala veio de um lugar de extremo amor do coração dela.

Sempre mostre tranquilidade para quem está agindo dessa forma com você, mostre que você sabe os prós e os contras da sua atitude, sabe que pode dar errado mas está se precavendo e por aí vai. Quanto as pessoas que realmente não gostam de você e ver a sua queda, para ela, é mais prazeroso que comer um pacote de biscoito recheado, elimine-as imediatamente. Lembre-se: enquanto a sua inteligência emocional não estiver completamente solidificada, procure ficar longe dessas pessoas.

A emoção e a estratégia é o que faz você chegar lá em cima!

  • http://simplicidadeeharmonia.blogspot.com.br/ Simplicidade e Harmonia

    Conrado,

    Gostei da sua estratégia das 5 horas e dos 5 minutos, muito útil!

    Abraços,