Continue caminhando…

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Cada um tem suas batalhas. Você não está sozinho nessa, mas as lutas são individuais.

Geralmente, quando cogitamos desistir é porque achamos que só nós estamos lutando e que a vida dos outros é sempre perfeita.

É quase um sentimento de injustiça. O famoso “por que a vida é tão dura comigo?” Ou “tem gente que nasceu virado para a lua” ou ainda “não tenho sorte como ele“. A infelicidade vem do contraste, da comparação do palco do outro com o seu bastidor.

O problema é que o seu bastidor é sempre um caos enquanto o palco do outro é sempre a foto do Facebook.
A maneira mais certa de se frustrar é se comparar com o que o outro mostra para você sobre a vida dele. Mas ele não mostra o bastidor dele.

Se você conhecesse o bastidor do outro veria que não é tão bonito e talvez seja ainda mais desorganizado que o seu, mas você tende a fantasiar a perfeição do outro em contraste com a sua sabida imperfeição.

Saiba que todos estão em lutas semelhantes. Todos têm seus bastidores.

Então, continue caminhando porque, lá no final, todos se irão se reunir para contar sobre seus bastidores e você não vai ficar sem assunto

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram