Live de vendas: entenda por que e como usar essa tendência para vender os produtos da sua empresa

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Homem realizando uma live de vendas de roupas.

Lives de vendas possibilitam a uma empresa vender para muitas pessoas simultaneamente, em um pequeno espaço de tempo. Há empresas que já relataram fazer em uma live de vendas o mesmo volume de receita que demoravam 15 dias de vendas normais. 

Então, se você deseja vender em algumas horas o mesmo que venderia durante um período de tempo maior, acompanhe neste artigo tudo sobre live de vendas de produtos. Aprenda o que é, qual o fenômeno mundo afora que envolve essa estratégia, o que sua empresa vai poder ganhar com isso e como fazer a sua live de vendas. 

Neste artigo você vai conhecer formas possíveis e viáveis para pequenas e médias empresas realizarem a sua live de vendas de produtos e alavancar as vendas. 

Live de vendas: entenda o que é esse fenômeno

As lives de vendas, também conhecida como live commerce ou livestream shopping, é uma transmissão ao vivo com o objetivo de vender através de um ambiente interativo com o consumidor, totalmente on-line. 

A live é conduzida por uma pessoa, que chamaremos de apresentador. O apresentador exibe o produto (falaremos melhor como fazer isso ainda neste artigo) e o consumidor tem a oportunidade de comprar o(s) produto(s) durante a própria transmissão ao vivo. 

Este modelo de comércio eletrônico é muito popular no mercado asiático. Na China, em 2019, as lives de vendas foram responsáveis por um movimento de $66 bilhões de dólares. Há a expectativa que em 2023 a modalidade represente uma fatia de 60,9% do comércio eletrônico no país. 

Mas não é apenas lá que esta tendência é forte: nos Estados Unidos há a expectativa que neste ano esse modelo de vendas alcance um mercado de $11 bilhões de dólares. 

Ou seja, podemos estar diante de uma nova tendência de consumo. Mas, além de uma tendência impulsionada por restrições físicas por conta da pandemia, esta é sem dúvida uma nova maneira de gerar conexão com seus clientes e impulsionar as vendas, aproveitando os recursos tecnológicos que temos disponíveis. 

E para fazer isso, sua empresa não precisa ser uma gigante do varejo. As lives de vendas são bastante adaptáveis aos pequenos negócios. É isso que veremos neste artigo: como fazer lives de produtos para vender muito. 

Saiba quais são os principais benefícios

Além de impulsionar as vendas, as lives são uma nova forma de mostrar seus produtos aos consumidores. É um desdobramento do comércio eletrônico e tem características que diferenciam as lives do e-commerce tradicional. 

Em uma live de vendas, você pode apresentar seu produto com maiores detalhes e informações do que em um site, por exemplo. Além disso, o consumidor consegue ver a demonstração do produto. Isso irá permitir ver as funcionalidades e as características do produto “em ação”. Este é um grande diferencial se comparado com fotos estáticas em plataformas de ecommerce, por exemplo. 

O consumidor que compra por meio de uma live de vendas usufruiu do benefício de comprar e receber seu produto sem sair de casa, mas ao mesmo tempo aprofunda sua relação com a marca através da interatividade que a live possibilita. É uma forma de transformar a experiência digital em um modelo mais próximo ao formato de compra físico

Além disso, você conseguirá “conversar” com o consumidor. Se ele tem alguma pergunta a respeito do produto, é possível  sanar essa dúvida estrategicamente (lembre-se de usar técnicas para quebrar as objeções dos clientes. Para saber mais sobre esse assunto, veja esse artigo). 

A empresa que realiza uma live de vendas também pode oferecer alguns benefícios aos consumidores que comprarem durante a transmissão. Falaremos sobre isso mais adiante neste artigo, quando você verá em detalhes como a sua empresa pode utilizar essa tendência de vendas na prática. 

Ferramentas

Existem alguns softwares de transmissões ao vivo que deixam a live bastante profissional. Mas eles exigem investimento para isso. Meu objetivo neste artigo é mostrar como pequenas e médias empresas podem usar esse método de vendas, de forma profissional, utilizando plataformas gratuitas

Por isso, você verá a seguir, as redes sociais que podem ser utilizadas para realizar lives de vendas em sua empresa. Veja as principais a seguir: 

Instagram

Ferramenta bastante efetiva para lives que vendem produtos de um ticket baixo a médio. Há possibilidade também de oferecer produtos de ticket mais altos, mas há outras ferramentas que podem ser mais efetivas nessas situações. É uma forma de tornar a live de vendas com um toque um pouco mais informal e, por consequência, mais próximo do seu público. 

Youtube

O Youtube é uma ferramenta que permite interagir melhor com o consumidor durante uma live, pois possui mais dispositivos para isso do que o Instagram, por exemplo. Ao utilizar o Youtube também há a possibilidade de transmitir a live em uma página na web, caso seja um diferencial estratégico para seu negócio. Diferentemente do Instagram que destaca aos seguidores de que seu perfil está fazendo uma live, o Youtube não faz isso. Então, é recomendável que se avise e convide o público para assistir. 

Facebook

Assim como o Instagram, a rede social Facebook também possibilita realizar transmissões ao vivo. E você pode fazer isso com o auxílio de equipamentos mais profissionais ou com um celular. Sua live de vendas aparecerá na timeline dos seguidores, o que pode dar mais visibilidade ao seu evento virtual.  

Linkedin

A plataforma disponibilizou recentemente a possibilidade de transmissões ao vivo. Entretanto, nem todo usuário tem autorização para utilizar o recurso. Quem desejar utilizá-lo deve pedir uma autorização ao Linkedin. Pode ser uma ferramenta interessante para produtos do nicho B2B (Business to Business). 

Independentemente da plataforma que for utilizada, o mais importante é escolher a que melhor se adapta ao objetivo da sua live de vendas e do que você planeja vender por lá. Dessa forma, perceba onde o público mais interage com sua marca e em qual plataforma é mais provável que assistam a transmissão. Não esqueça de divulgar o evento para a sua audiência. 

Como fazer uma live de vendas

Após escolher a plataforma mais adequada para sua audiência e para o seu produto, existem alguns cuidados básicos para uma live de vendas fazer mais sucesso. Por isso, nos tópicos a seguir você verá como fazer uma live de vendas. 

1. Certifique-se das ter as melhores condições técnicas

Ter uma boa conexão com a internet é fundamental para uma live de sucesso. Além disso, preparar o ambiente também é importante. Escolha um local com uma iluminação adequada, organize um cenário, enquadre o posicionamento da câmera ou do celular e escolha um local que não tenha ruídos externos. 

Caso faça uso do celular, procure deixá-lo em um tripé e não segurar na mão. É importante transmitir uma imagem de profissionalismo em sua live de vendas e você consegue fazer isso planejando os detalhes com antecedência. 

2. Planeje a apresentação que fará na live de vendas

Esta etapa é bastante importante. Na apresentação do produto você deverá ir além das características técnicas daquilo que você está demonstrando. Apresente essas características, mas ressalte o benefício do seu produto. Com isso, o público perceberá o valor do produto e não apenas o preço dele. 

Tenha cuidado para que a live não fique entediante, pois os consumidores podem começar a abandonar a live no meio da apresentação. Dê um ritmo dinâmico e interativo para gerar mais conexão. 

Faça um roteiro para auxiliar no momento da apresentação. O roteiro não é para ser lido palavra por palavra, mas sim para guiar na apresentação e não esquecer tópicos importantes. 

3. Ofereça bônus e vantagens exclusivos durante a live de vendas

Trabalhe o gatilho mental da escassez para aumentar a conversão de vendas durante a live. Ofereça bônus e vantagens apenas para quem comprar durante a transmissão. Alguns exemplos dessas vantagens que aceleram a decisão do consumidor são:

  • Frete grátis;
  • Entrega em x dias;
  • Apenas para as primeiras x pessoas que digitarem “eu quero” no chat.

4. Tenha auxílio de um vendedor

A pessoa que está apresentando os produtos, as características, os benefícios e as vantagens é o apresentador. É muito importante não estar sozinho durante uma live, independente da plataforma escolhida. Isso porque, quando um consumidor tiver alguma dúvida ou mesmo manifestar o desejo de comprar, a sua equipe deverá atendê-lo. Dificilmente será efetivo tentar fazer tudo ao mesmo tempo.

5. Duração da live de vendas

Não há um tempo ideal para um live de vendas. Depende bastante do que você está vendendo e do ritmo da interação. Lembre-se que não deve ser algo monótono, pois o engajamento durante a live irá cair.

Quando você tem diversos produtos para ofertar em uma mesma live, como diversas peças de roupas, por exemplo, você vai criando uma espécie de rodízio da grade de produtos, pois normalmente há bastante dinamismo na audiência durante a live (muitos saem e entram o tempo todo). Ou seja, você demonstra o produto e ao finalizar, já passa para o próximo. Esse que já foi exibido, pode ir para o final da fila, caso não seja vendido. E assim sucessivamente, enquanto houver engajamento e pessoas comprando seus produtos.  

6. Ideias de formatos para uma live de vendas

Você pode usar e abusar da criatividade para criar formatos para sua live de vendas. Não pense apenas em demonstração de produtos. Dependendo do que sua empresa vende, você poderá utilizar um formato de tutorial, por exemplo. Ou também uma live entrevistando alguém que já usou o produto. Outra possibilidade é, através da transmissão ao vivo, oferecer um conteúdo de valor para seus consumidores. Veja na lista abaixo alguns exemplos para se inspirar.

  • Live de roupas femininas: aula sobre como combinar cores
  • Hamburgueria: como fazer hambúrguer
  • Produtos de beleza: entrevista com quem já usou para demonstrar os benefícios dos produtos. 

Estes são apenas alguns exemplos. Ou seja, existem uma série de possibilidades para você criar um conteúdo que desperte a atenção da sua audiência e crie desejo pelo seu produto. 

Por fim, as lives de vendas são muito mais do que um fenômeno asiático ou consequência de uma pandemia. É mais uma forma que uma empresa pode usar para vender mais e você não deve deixar de aproveitar essa chance.

Para dominar mais estratégias de vendas e escalar seu negócio, acompanhe as postagens do blog.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram