Por que os notebooks da Apple são tão bons?

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Notebooks da Apple

Ouvi essa resposta uma vez e muita coisa fez sentido para mim. Porque o hardware (o notebook) e o software (sistema operacional) são completamente integrados.

Existe o notebook, existe o sistema operacional e existe a relação entre os dois.

Ao contrário de um Windows, que o hardware tem um fabricante (Dell, por exemplo) e o software outro (a Microsoft), a Apple integra de maneira muito mais eficiente esses dois elementos.

Um outro exemplo disso é em um casamento, em que existe o homem, a mulher e a relação entre os dois (que é um terceiro elemento do casamento).

Na maioria das vezes o “problema” não está nem com o homem nem com a mulher, mas sim nesse terceiro elemento – a relação entre os dois. É esse problema na relação – o terceiro elemento – que causa a separação.

Do mesmo modo, há casais que não se separam porque amam a relação, não o outro. Essa integração é poderosa e produz efeitos que podem causar a ruptura ou a alta performance.

A palavra-chave é “integração“.

O que isso tem a ver com você?

Já disse em outro texto que, na minha visão, não há como dissociar o empreendedor (ou melhor, a mente do empreendedor) do negocio do empreendedor.

Nesse caso, sua mente é como o software e o seu negócio é como o hardware. Porém, existe um terceiro elemento que é a relação entre os dois – você e o seu negócio. Quanto mais integrados a sua mente e o seu negócio estiverem, menos esforço você fará para fazer sua empresa crescer e se tornar lucrativa.

Por que esse pode ser o motivo do seu negócio quebrar?

Imagine um empreendedor que deseja criar soluções inovadoras para alavancar negócios, porém, que está à frente de um negocio em que ele basicamente tem que fazer trabalho burocrático e resolver problemas cotidianos.

A mente quer uma coisa e o negócio impõe outra. Há um claro desalinhamento, certo? Boa parte dos negócios tem empreendedores e seus respectivos negócios totalmente desalinhados. A relação não é eficiente.

Há negócios herdados, por exemplo, em que o filho queria ser médico mas está à frente de um negócio de venda de filtros para a indústria. Desalinhamento e frustração.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram