Os 3 tipos de lucro de um Funil de Vendas

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Os 3 tipos de lucro de um funil de vendas

Há 3 tipos de lucro quando você passa a usar um Funil de Vendas na sua empresa. Será que você está olhando todos os seus indicadores de lucro corretamente?

Guarde uma coisa: sua empresa não sobrevive de receita. Ela sobrevive de lucro.

O LUCRO é o que faz sua empresa ser sustentável e, você, um empresário rico. 

Receita é vaidade.

A maneira mais eficiente de você ter lucro na sua empresa é ajustar o seu Funil de Vendas, porque com ele você terá o controle de todas as métricas e, portanto, irá ter domínio dos 3 tipos de lucro.

Os três tipos de lucro

Há 3 tipos de lucro quando você passa a usar um Funil de Vendas na sua empresa. O terceiro tipo é o que você deve almejar, porém, você chega nele se não passar pelo primeiro tipo e pelo segundo tipo.

Entenda quais são os 3 tipos de lucro que você deve buscar na sua empresa quando passa a usar um Funil de Vendas para vender seus produtos e serviços:

1º tipo: Lucro na venda

Toda venda tem um custo. Se você gasta R$1.000 por mês em anúncios e faz 10 vendas, cada venda custou R$100. 

Porém, se o seu ticket médio é de R$80, do ponto de vista do “lucro na venda”,  você teve prejuízo de R$20 a cada venda. 

Ticket Médio: Preço médio que o seu cliente paga pela aquisição do seu produto

CAC: Custo por Aquisição de Cliente (quanto você pagou para gerar aquela venda)

(Imagem retirada do Black Book, a “bíblia dos negócios” de 433 páginas que utilizo na Imersão 8Ps, meu treinamento de Marketing e Vendas para PME)

E nem vou falar de impostos, custo fixo etc. Para ter lucro na venda o seu custo por venda (investimento em anúncios dividido pela quantidade de vendas) deve ser menor do que o ticket médio.

2º tipo: Lucro no caixa

Imagine que você tenha investido R$1.000 em um mês para fazer 25 vendas. 

Seu CUSTO POR VENDA foi de R$40 (1.000/25). 

Digamos que seu ticket médio tenha sido R$100 (você teve lucro na venda porque o ticket médio foi maior do que o custo por venda). Sua receita foi de R$2.500 (25 x R$100). 

Porém, você pagou o investimento de R$1.000 à vista e digamos que você tenha parcelado as vendas em 10 parcelas. 

O grande erro das empresas que não tem o segundo tipo de lucro: o lucro no caixa

Você teve de receita no seu caixa no 1º mês de apenas R$250. 

Naquele mês, você teve prejuízo de R$1.000 (investimento já feito) menos R$250 (o que entrou no seu caixa naquele mês), ou seja, – R$750

Você teve lucro na venda, mas não teve lucro no caixa. 

Para ter LUCRO NO CAIXA, você tem que receber no caixa mês a mês mais do que gastou naquele mês. 

Muitas empresas não se atentam para isso e caem no chamado “descasamento de fluxo de caixa”. 

Como combater isso

O ideal é que você tenha um retorno sobre o investimento em anúncios (ROAS) de no mínimo 5, ou seja, para cada R$1.000 investidos, você venda R$5.000. 

E, além disso, você receba (ou antecipe) pelo menos R$1.000 no 1º mês para não descasar o fluxo de caixa. 

As empresas geralmente quebram pelo fluxo de caixa, não pelo faturamento.

3º tipo: Lucro no bolso

Esse é o tipo de lucro que você sempre tem que buscar. 

Uma vez que você tenha lucros sucessivos no caixa, no final de um semestre ou de um ano, você tem um caixa recheado de dinheiro. 

Nesse ponto, chegou a hora de você fazer uma retirada de dividendos. Pró-labore não deixará você rico. Dividendos, sim. Esse é o famoso lucro no bolso.

Tipos de lucro e Lucro no Bolso: quer minha ajuda?

Você gostaria que eu, pessoalmente, ajudasse você a ter LUCRO NO BOLSO na sua empresa?

Ajudar empresários donos de pequenas e médias empresas a terem mais lucro, através de um sistema de marketing e vendas eficaz, é o que eu faço há mais de 25 anos, em meu treinamento on-line de 4 dias – a Imersão 8Ps.

Trata-se de um treinamento intenso, de 4 dias de puro conteúdo aplicável, simples e brutalmente prático, totalmente focado no dono de negócio.
Você pode clicar no botão abaixo e acessar a página oficial e, se tiver interesse, se cadastrar para falar com um de meus consultores.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram