Como vender pelo Instagram sem ser “escravo” dessa rede social

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
COMO-VENDER-PELO-INSTAGRAM

O Instagram é uma máquina de vendas. Eu já disse isso muito mais de uma vez. O problema é quando sua empresa se torna altamente dependente da rede social e, você, um produtor incansável de conteúdo apenas para lá. Como vender pelo Instagram sem ser “escravo” dessa rede? 

Muitos donos de empresas e profissionais liberais são o que eu chamo de “ESCRAVOS DO INSTAGRAM”. Passam umas 3 horas por dia postando conteúdos, fazendo Stories, Lives etc. Uma sugação louca.

O algoritmo do Instagram é feito para dar mais visibilidade para quem posta mais e tem mais engajamento. 

O Instagram pertence ao Facebook, que é uma empresa aberta na bolsa de valores, logo o objetivo dele é LUCRO

Quanto mais tempo uma pessoa passa navegando no Instagram (WATCHTIME), maior a chance de clicar em um anúncio.

Existe um “jogo por trás do jogo” no Facebook

Mais cliques em anúncios gera mais receita para o Facebook. 

Mais receita para o Facebook faz com que ele remunere mais o acionista na participação de lucros anual. 

Com mais dividendos, mais acionistas compram ações do Facebook. 

Isso faz as ações subirem de valor e a empresa valer mais. 

Desse modo, os grandes acionistas do Facebook – aqueles que têm muitos lotes de ações – aumentam ainda mais as suas fortunas (que estão em forma de ações da empresa, podendo ser vendidas e se transformarem em dinheiro).

O desafio é que o Instagram depende de produtores de conteúdo para fazer toda essa máquina girar. 

Ele precisa dos produtores de conteúdo para fazer com que as pessoas fiquem logadas consumindo esse conteúdo e, portanto, clicando mais em anúncios.

Se você é um bom produtor de conteúdo (consegue engajamento e aumenta o watchtime), o Instagram vai lhe mostrar mais porque você ajuda ele a manter as pessoas logadas na rede e, portanto, clicando mais em anúncios. 

É como se ele dividisse um pouco o bolo de dinheiro que ele gera dando mais visibilidade para você, dono de negócio, também ganhe algum dinheiro vendendo mais seus produtos.

Se você é um mau produtor de conteúdo (tem baixo engajamento), o Instagram não vai mostrar muito seus posts porque você prejudica ele, ou seja, faz com que as pessoas saiam do Instagram para ver coisas mais interessantes em outro lugar. 

Ele não ganha, logo, ele não te deixa ganhar também. Justo 🙂

Para jogar o jogo do Instagram, você tem que ser um bom produtor de conteúdo (ter engajamento e, portanto, watchtime). O nome do jogo no Instagram é “conteúdo que engaja”. 

A pergunta é: “como ser um bom produtor de conteúdo, e como vender pelo o Instagram, SEM SE TORNAR ESCRAVO DELE?”

Eu fiz uma sequência que vai te ajudar a resolver essa equação. Continue lendo este artigo:

Como vender pelo Instagram se você tem uma empresa de PRODUTOS FÍSICOS

Seu Instagram tem que mostrar os produtos. Não mostre simplesmente o produto como se fosse uma “panfletagem digital”. 

Mostre os produtos sendo usados para que os seus seguidores vejam o benefício de se comprar o produto. 

Eles têm que visualizar o produto na vida deles.

Nesse artigo, eu mostrei um case real de uma marca de polpa congelada que entendeu como vender pelo instagram com o conteúdo certo, e aumentou MUITO seu faturamento utilizando a rede corretamente. 

Como vender pelo Instagram se você tem uma EMPRESA DE SERVIÇOS

Vale o mesmo do item anterior. Mostre o serviço sendo prestado e principalmente o resultado dele. 

Mostre o processo todo até o resultado. 

Mostre os diferenciais do serviço e tenha muitos depoimentos de clientes satisfeitos com o serviço.

Vender pelo Instagram se você é PROFISSIONAL LIBERAL ou AUTÔNOMO

Se você é um profissional liberal, autônomo ou prestador de serviços, “você é o produto”. 

Por exemplo: médico, contador, personal trainer etc. 

No seu caso, o produto é você, então, você tem que ser mostrado sempre. 

Esse é o caso de maior “escravidão do Instagram”, porém, siga as dicas a seguir que você vai conseguir vender pelo Instagram e, ainda assim, ter vida além da rede.

Tenha uma lista de assuntos

Tenha uma lista de assuntos para falar. 

Eu tenho um Evernote no qual, sempre que eu tenho uma ideia, eu anoto lá. 

Todo dia pela manhã, leio as ideias e escrevo 2 posts da semana. (estando sempre uma semana à frente das publicações). 

Isso facilita o meu processo criativo e não me estressa mais ao longo do dia.

Tenha um processo de publicação

Escreva os conteúdos dos posts no Google docs. 

Compartilhe o arquivo com seu analista de mídias sociais. 

Contrate um designer no Workana para fazer as imagens de capa do seu post (no Instagram, imagem conta). Ele pode usar o Canva

Use o Trello para juntar tudo e todos. Seu analista de mídias sociais publicará os 2 posts por dia.

Tenha conteúdo em várias mídias

O conteúdo que eu escrevo (o que escrevi no item anterior é exatamente o meu processo de publicação) vai para várias mídias (blog, e-mail, Facebook, telegram, WhatsApp, vídeos, podcast). 

Isso aumenta minha produtividade. 

Como “eu sou o produto” e meu conteúdo é muito técnico, eu é quem escrevo os conteúdos, logo, eles tem que “render”.

Faça 5 sessões de 1 minuto de Stories por dia

Se você for o produto, faça 5 sessões de 4 Stories por dia (o que dá 5 x 1 minuto) falando um pouco do seu cotidiano (Isso dá 5 minutos por dia. É muito pouco). 

Por exemplo, 1ª sessão quando acordar, 2ª sessão antes de começar a trabalhar, 3ª sessão antes de almoçar, 4ª, depois de atender um cliente etc. 5ª sessão antes de dormir.

Anúncios para conteúdo, não o contrário

Faça anúncios para anônimos. Alguns, já comprarão pelo Funil de Vendas, outros, não. 

Os que não comprarem, começarão a seguir os conteúdos. 

Isso fará com que confiem mais em você para comprarem depois. 

Não dependa de conteúdo para gerar clientes, mas sim para aumentar a credibilidade junto a quase-clientes e assim aumentar a taxa de conversão. 

E os clientes que vierem puramente pelo conteúdo será um “a mais”.

Quer minha ajuda?

Quer minha ajuda para vender pelo Instagram e fazer dele o principal motor do seu Funil de Vendas sem precisar se escravizar pela rede social?

Tenho ajudado algumas dezenas de milhares de empresas nos últimos 10 anos e posso ajudar a sua empresa também.

Tenho um treinamento específico para pequenas e médias empresas, intenso, de 4 dias de puro conteúdo aplicável, simples e brutalmente prático, totalmente focado no dono de negócio.

Você pode clicar no banner abaixo e acessar a página oficial e, se tiver interesse, se cadastrar para falar com um de meus consultores.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram