7 dicas para vender na Black Friday: saiba como o pequeno negócio pode aproveitar a data

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Sacola de produtos na Black Friday

Neste artigo você irá conferir 7 dicas para vender na Black Friday, a data que se tornou uma das mais importantes do varejo nacional. 

Além das famosas redes que são referências nessas ações, pequenas e médias empresas podem utilizar a estratégia da Black Friday para criar promoções irresistíveis e gerar muitas vendas.

Neste artigo com dicas para vender na Black Friday, você verá desde o planejamento, o cuidado em relação aos descontos e formas de utilizar estratégias de vendas para chamar a atenção dos clientes e fazer da campanha um sucesso em vendas. 

As origens da Black Friday

Antes de mais nada, é importante entender de onde surgiu a Black Friday. Você possivelmente já viu aquelas imagens de americanos se aglomerando nas lojas e uma grande confusão para garantir produtos mais baratos.  Ou seja, a data é muito forte nos Estados Unidos, de onde surgiu. Este grande dia de promoções começou a partir da necessidade dos lojistas americanos queimarem seu estoque antes de receber produtos para o Natal

Por lá, a data ocorre na sexta-feira após o feriado do Dia de Ação de Graças, que acontece na última quinta-feira de novembro. Este feriado é muito importante para os americanos, marcando o início das comemorações de final de ano. Grandes desfiles acontecem em diversas cidades há muitos anos. 

Segundo este artigo, o grande dia de promoções após o feriado e também o termo Black Friday teria surgido na Filadélfia na década de 60. Posteriormente, a partir dos anos 90, a tradição se espalhou para outros estados americanos. Em 2001 a data alcançou o título de o maior dia de compras nos EUA.

A Black Friday no Brasil

Impressionados com sucesso das vendas nessa data, o dia de promoções começou a se espalhar para outros países, além dos EUA. No Brasil, que não comemora o Dia de Ação de Graças, não foi diferente. 

A partir de 2012 a data começou a ganhar força no país e conforme indica essa pesquisa, 64% das pessoas pretendem realizar compras na próxima Black Friday. 

Apesar de ser vista com desconfiança, já que muitos utilizam técnicas não muito transparentes em relação aos preços, a data, sem dúvida, é uma maneira de ganhar visibilidade e aumentar as vendas da sua empresa. 

As oportunidades em torno da Black Friday são vistas pela maioria dos empresários como uma oportunidade de faturar mais e fazer girar estoque de produtos. Mas, as estratégias não se restringem apenas a produtos. Diversos negócios que comercializam serviços também utilizam estratégias especiais na data para impulsionar as vendas.

7 dicas para vender na Black Friday

Apesar de trazer boas expectativas para empreendedores, alguns cuidados são importantes para planejar as suas ações de Black Friday. Da mesma forma, agregar algumas estratégias comerciais pode trazer resultados melhores. 

Pensando nisso, separamos 7 dicas para vender na Black Friday sem prejudicar o seu negócio e melhor organizar a sua estratégia.

1. Planeje tudo

Em qualquer estratégia para sua empresa, o planejamento é fundamental. Falando em Black Friday não seria diferente. Se prepare para a data definindo pontos fundamentais:

  • Quais produtos serão ofertados com desconto;
  • Qual será esse desconto;
  • As metas que se espera atingir com o evento;
  • Como serão as estratégias de divulgação.

É importante realizar esse planejamento com calma, realizar pesquisas no mercado e também sobre os desejos do seu público. Uma campanha de Black Friday mal planejada poderá se transformar em fracasso.

2. Tenha cuidado com os descontos

Black Friday é sinônimo de desconto e é isso que os consumidores procuram. Porém, para conceder descontos você precisa ter muito cuidado e analisar a composição do custo do seu produto. Uma alta receita gerada por uma ação específica como essa, não significa necessariamente lucro. E o seu negócio precisa ter lucro para funcionar de fato. 

Assim, monte uma estratégia de preço considerando os indicadores financeiros da sua empresa. Apenas eles darão reais condições de saber se mesmo com os descontos você não estará tendo prejuízo. Não compare o seu preço apenas com preços da concorrência ou de grandes redes. Antes de fazer uma ação que resulte em prejuízo, é melhor considerar se vale a pena.

3. Fuja da “black fraude”

Já ouviu esse termo por aí, certo? A Black Friday se tornou motivo de piada em alguns casos. Tudo isso por conta de produtos que tinham seu preço aumentado dias antes, para serem vendidos com um desconto fake durante a promoção. 

Os consumidores percebem situações onde a empresa não está sendo transparente com ele. Os descontos dessa data devem realmente atraí-los e serem vantajosos para o cliente. Mas, caso você não tenha condições de fazer isso, não cometa erros que podem custar a imagem da sua empresa. 

4. Adicione estratégias de vendas

Ofereça uma solução completa para seus clientes. Use técnicas que possam potencializar as suas vendas e façam com que o cliente saia mais satisfeito com a compra. 

Sendo assim, além dos descontos tradicionais, você pode aplicar a técnica de upsell, estratégia onde é ofertado um produto diferenciado e complementar ao produto inicial, quando o cliente está fechando a compra.

Além disso, existe também a possibilidade de oferecer benefícios, como frete mais em conta, voucher de descontos e brindes. Vá além da simples liquidação e surpreenda os clientes.  

5. Crie boas ações de divulgação

Ao mesmo tempo que muitas pessoas querem fazer compras vantajosas durante a Black Friday, muitas empresas estão fazendo ofertas incríveis e chamando a atenção de todo mundo em ações de marketing que fazem muito barulho.

Se seu negócio é pequeno, você não precisa tentar chegar perto do que grandes redes fazem em termos de divulgação. Porém, chamar a atenção do seu público e anunciar que haverá ofertas incríveis na sua empresa é determinante para o sucesso da campanha. 

Dessa forma, para divulgar sua ação, utilize os perfis das redes sociais, o site da sua empresa, invista em mídia paga, utilize e-mail marketing, crie uma landing page específica, etc. As possibilidades são muitas. Caso sua empresa seja física e tenha vitrine, pode ser ótimo despertar o interesse chamando a atenção de quem passa na rua sobre sua ação de Black Friday.

Aproveite também a ferramenta de Stories do Instagram, por exemplo, para que quem já segue a sua marca acompanhe tudo sobre as promoções. Outra possibilidade é criar lives de vendas com a divulgação exclusiva dos produtos ou serviços que terão descontos na Black Friday. 

6. Não esqueça de quem já é seu cliente

Invista em avisar quem já é seu cliente sobre as suas promoções de Black Friday. Como você poderá conferir nesse post, o cliente que conhece a sua empresa e já fez negócios com você, quando volta a comprar, gera mais lucro, se comparado ao cliente de 1ª compra.

Por isso, em ações promocionais, você pode utilizar estratégias exclusivas para esses clientes. Aproveite a sua carteira e ofereça exclusividade para esses consumidores em relação às promoções da sua Black Friday. 

7. Estenda as datas

A sua ação não precisa ficar restrita apenas à última sexta-feira de novembro, como é o mais tradicional. Certamente você já deve ter visto campanhas como Black November (o mês todo de novembro com ofertas) ou então Black Week (uma semana de promoções). 

Outra possibilidade que também é adotada por algumas empresas é a Cyber Monday, que ocorre na segunda-feira seguinte à Black Friday, direcionada a ofertas em lojas on-line. Ainda não é tão popular quanto a famosa Black Friday, mas é uma oportunidade de liquidar produtos que não saíram na promoção da sexta-feira.

Todavia, realize uma análise estratégica considerando o seu nicho e como serão as ofertas da sua promoção. Lembre-se que as oportunidades devem ser realmente únicas para o consumidor e que as suas margens estejam muito bem calculadas. 

Por fim, veja esse vídeo para aprofundar o tema sobre como conceder descontos de forma certa, sem prejudicar o seu negócio.

Veja mais informações e dicas para aumentar as vendas, acompanhando as postagens do blog.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram