Funil de vendas para vender produtos físicos online sem loja virtual

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Vendedor fotografando um produto para vender online

Vender produtos online não requer necessariamente investimento em uma plataforma de e-commerce. Ter uma loja virtual pode ser uma estratégia explorada por sua empresa, entretanto, exigirá um investimento e deve ser bastante planejada. 

Mas saiba que existem ferramentas que sua empresa pode fazer uso para vender produtos online, sem precisar de uma loja virtual. Se você ficou interessado, continue a leitura deste artigo e conheça um funil de vendas para vender online produtos físicos. 

O que é um funil de vendas?

Um funil de vendas é uma ordem de etapas que conduzem e acompanham o consumidor em direção a compra, quebrando suas objeções e lançando mão de estratégias que aumentem o valor percebido do cliente em relação ao seu produto ou serviço.  

Assim, será através de um funil de vendas que sua empresa conseguirá atrair um público frio, que ainda não conhece sua empresa (o que chamo de anônimo), até ele se tornar um cliente (cliente de 1ª compra). 

Dessa forma, através dessas ações que compõem um funil de vendas é possível aumentar o nível de consciência de um consumidor em relação a solução que sua empresa vende. Ao final o objetivo será deixar esse consumidor bastante aquecido, ou seja, com alto nível de consciência em relação a sua empresa e produto. 

O funil de vendas pressupõe uma estrutura que alinhe técnicas e estratégias de marketing e vendas para contemplar todas as suas fases, uma vez que estamos falando desde a atração do consumidor até o momento final da venda. 

As fases de um funil de vendas  

As etapas que constituem o funil de vendas são organizadas dentro de uma estrutura de fases, que separam os consumidores conforme seu nível de aquecimento / consciência (quanto mais inconsciente a respeito da solução, mas “frio” é consumidor. Quanto mais consciente, mais “quente”). 

Veja a seguir quais são essas fases do funil de vendas. 

Topo de funil (Promessa / Oportunidade)

Nesta fase, os consumidores não conhecem a sua empresa e, dependendo do que você vende, também não conhecem o seu produto ou serviço. Por isso que essa etapa é o momento mostrar a eles que a sua solução pode resolver os problemas que possuem ou ajudar a conquistar os seus desejos – mesmo aqueles que eles ainda não sabem que possuem, mas que sua estratégia despertará este desejo nele. Você irá atrair esses anônimos por meio de uma promessa ou oportunidade.

Sendo assim, nesta fase seu objetivo será atraí-los para dentro do seu funil, transformando esses anônimos em leads. Para isso, sua empresa poderá criar anúncios para despertar o interesse deles para falar com algum vendedor ou ter acesso a algum material gratuito ou um produto muito barato (conforme veremos mais adiante neste artigo). 

Ao clicar no anúncio, o consumidor é direcionado para uma página de cadastro. Essa pessoa irá preencher seus dados para que alguém da empresa fale com ele ou então acessar o material gratuito.

Nesta etapa do funil também é importante permanecer “nutrindo” com conteúdo rico os seus leads, para que eles evoluam ao longo do seu funil de vendas e aumentem o interesse em relação ao produto ou serviço. 

Meio de funil (Mecanismo / Explicação)

A fase de meio de funil é o momento de explicar ao lead como funciona seu produto ou serviço, ou seja, o mecanismo da sua solução para esse cliente. Este é o momento de trabalhar a quebra de objeções e usar técnicas que aumentem o valor percebido em relação a solução. 

Da mesma forma que na etapa anterior, sua intenção é trabalhar conteúdos para manter os leads aquecidos. Nesta fase, o consumidor considera adquirir alguma solução ou atender a um desejo, mas não está totalmente inclinado a tomar uma decisão. 

Por isso, você irá ajudar esses consumidores com mais conteúdo rico que os ajude a amadurecer suas necessidades. O objetivo é levá-lo para a fase seguinte do funil: a da oferta. 

Fundo de funil (Oferta)

Quando o lead se encontra nessa fase, ele está em busca de uma solução. Além de estar muito mais consciente da necessidade da sua solução para resolver seu problema ou alcançar um desejo, ele considera a sua empresa uma referência na área. 

Isso porque as estratégias para mantê-lo aquecido também são táticas que geram autoridade para a sua empresa. Dessa forma, os consumidores que passaram pelo outro estágio do funil estão muito mais propensos a fechar negócio com você. 

Por isso, neste momento o objetivo é gerar venda. Conforme o tipo de produto ou serviço que sua empresa vende ou do modelo de negócio, esta etapa poderá ser realizada de forma online, por telefone, sessão estratégica com o cliente, venda no estabelecimento comercial, etc. 

Entenda por que desenhar um funil de vendas na sua empresa

As empresas que estabelecem um funil de vendas possuem alta vantagem competitiva frente a outros negócios que não utilizam esse processo. Quando há um funil de vendas bem estabelecido, é possível realizar ações de forma mais estratégica e ter resultados melhores. Ou seja: fazer com que a maior quantidade possível de consumidores passe de uma etapa para outra, para que você consiga mais clientes na saída do funil (onde realmente está o lucro).

Se a sua empresa não trabalha com um processo de vendas, fica muito difícil medir a eficiência das formas de captação e aquisição de clientes. Como consequência, estabelecer estratégias melhores é uma tarefa quase impossível, uma vez que você não tem consciência do que está dando certo ou não. 

Com um funil de vendas, há ainda a possibilidade de melhorar o processo de atendimento ao cliente, entendendo a jornada de compra do consumidor e, por consequência, melhorar a experiência do consumidor e a taxa de conversão em vendas.

Funil para vender produtos online sem loja virtual

Sem dúvidas, levar a experiência de compra também para um mundo virtual não é mais um diferencial. Se trata de uma necessidade de mercado, uma vez que o digital faz parte do processo de compra do consumidor.

Pense em você no papel de consumidor, quantas vezes já pesquisou por produtos e soluções em páginas da internet ou em redes sociais? E muitas vezes, no meio desse processo de descoberta acabamos efetuando compras por lá mesmo, devido as facilidades do mundo digital. 

Mas se você tem um negócio que vende produtos físicos, mas não tem uma estrutura de e-commerce para vender os produtos, há a possibilidade de criar um funil de vendas para vender esses produtos, sem necessariamente ter uma loja virtual. É isso que veremos a seguir.

Canais

Seu funil de vendas para vender produtos online irá precisar de alguns canais digitais para ser posto em prática. O Instagram, uma página de cadastro e o WhatsApp serão as suas ferramentas para realizar o comércio virtual.

O Instagram é uma das maiores redes sociais do mundo, com mais de 2 bilhões de usuários mundo afora. O WhatsApp não fica para trás e já é o aplicativo mais acessado pelos brasileiros e presente em 99% dos celulares do país. 

A página de cadastro tem o papel de fazer uma ponte entre essas duas ferramentas, o consumidor e a sua empresa. Veja a seguir a dinâmica deste funil de vendas.   

Escolha um produto para anunciar

Você irá realizar um anúncio para vender um produto. Este produto deverá ser um produto barato (ou quase de graça) e gerar pouco “atrito” na venda, ou seja, algo bastante simples no processo de venda e por um preço muito atrativo. 

Anuncie no Instagram

A partir da escolha do produto, você irá criar um anúncio na plataforma de anúncios do Instagram com a oferta daquele produto, muito barato e atrativo. Ao clicar no anúncio (Saiba mais) o consumidor é levado para uma página de cadastro. 

Crie uma página de cadastro

Você irá criar um página na web com um formulário para cadastro. Há várias ferramentas como RD Station, Lead Lovers, KlickPages, entre várias outras, que te possibilita criar essa página de cadastro. Ela será o destino daquele consumidor atraído pelo anúncio. 

Nesta página haverá um formulário, solicitando os dados do consumidor. Caso você não crie uma página de cadastro, há a possibilidade de orientar o consumidor a deixar registrado seu interesse no prpoduto em comentários do anúncio ou enviar um direct message no aplicativo Instagram. 

Venda pelo WhatsApp

Com os dados do consumidor , o seu comercial entrará em contato com essa pessoa e realizará o processo de venda pelo WhatsApp. Neste momento é possível usar estratégias de upsell e cross sell para aumentar o ticket médio da sua venda. 

Veja mais: 4 Maneiras Para Aumentar O Ticket Médio

Existem diversas formas para promover e vender produtos online, sem necessariamente precisar de uma estrutura robusta de e-commerce. Várias ferramentas podem te ajudar nessa missão. O importante é não desconsiderar a importância do meio digital nas vendas. 

Para acompanhar mais informações sobre marketing e vendas, inscreva-se na newsletter e receba semanalmente novos conteúdos. 

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.